Estresse Oxidativo -

Estresse Oxidativo Câncer entre outras enfermidades

O Estresse oxidativo é o processo de produção excessiva de radicais livres pró-oxidantes e a redução de agentes antioxidantes.  O EO tem sido relacionado com queda da imunidade, aumento do envelhecimento e várias outras doenças.

A Oxidação é necessária ao nosso metabolismo. O problema é o excesso, pois no organismo os radicais livres estão envolvidos em processos celulares importantes como a respiração celular e produção de energia, dentre outros. Contudo em demasia pode causar problemas como a peroxidação lipídica e agressão ao DNA, o que culmina com o aparecimento de doenças cardiovasculares, doenças auto-imunes, enfraquecimento do sistema imunológico, artrite, câncer e outras, podendo ser a causa ou o fator agravante da enfermidade.

Alguns radicais são mais danosos que outros, porem o mais nocivo ao organismo é o radical hidroxila (HO). Ele causa danos ao DNA, RNA às proteínas, lipídios e  membranas celulares do núcleo mitocondrial. O HO* tem uma meia vida, o que o torna difícil de ser arrebatado in vivo, e para que isso aconteça é necessário uma alta concentração de anti-oxidantes. Esses antioxidantes, que são produzidos pelo próprio organismo ou provenientes da alimentação ricas nestes ativos conseguem neutralizar a ação danosa do excesso de radicais livres.

O declínio da imunidade pode ser consequência da elevada produção de radicais livres e a rápida utilização das reservas de antioxidantes. Intervenção com suplementos de antioxidantes pode melhorar a evolução clinica do paciente, uma vez que ajudaria restaurar a imunidadee a  minimizar a destruição tecidual.

Um Nutricionista capacitado pode intervir com estratégias nutricionais antioxidantes por meio de alimentação adequada ao perfil genético e à patologia em questão, por meio de suplementos afim de interromper a cascata inflamatória, visando reduzir lesão tecidual e ativar sistema imune celular, afim de restaurar as funções orgânicas, a saúde.

Leia mais neste site sobre antioxidantes